terça-feira, 20 de outubro de 2009

O sentido de renovação da natureza, passado o inverno, nos inspira também a pensar na capacidade que temos de sempre trasnformar a nossa vida. Tudo muda, e temos que acompanhar as transformações, quebrar limites, romper com a tradição. Mas tem gente que nem dá atenção pra isso... A inércia corrói o cérebro das pessoas, elas ficam ali, acostumadas com tudo, paradas no tempo, alimentando meias verdades, meios sentimentos, meias atitudes. Nada disso me interessa!

p.s. Pode ser que haja um problema com meu cérebro, tudo bem, eu não ligo. Mas não vá procurar as corredeiras, fique com os rios e lagos que vc está acostumado. É mais fácil.