segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

E sonhos são apenas sonhos.
No dia seguinte ninguém lembra mais deles.
Ficam para trás, esquecidos.
Como um dia comum.