sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Iaiá, eu li num soneto de amor que as lágrimas que tu não chora, Iaiá, se escondem num rio dentro de tu ♫