sexta-feira, 26 de julho de 2013

Me diga de que adianta minha cintura ter 24 polegadas se você não me toca? Me diga de que adianta escrever pra você todos os dias se você nunca me lê? Essa sala agora está tão vazia, apesar de estar sempre cheia de gente, minha vida está cheia de pessoas, mas eu sinto a sua falta. Espero que não seja muito tarde pra dizer que eu te amo muito, espero que não seja muito tarde pra dizer que sem você esse lugar se parece com São Paulo, chove todos os dias.

Você não sabe, mas desde que você se foi eu descobri que sou apenas metade de um corpo sem aquele abraço.