sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Deprimida.
Não, deprimida não,
Oprimida.
Não, oprimida não,
Reprimida.
Não, reprimida não,
Espremida.
É, espremida.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Eu não sei o que quero, mas eu sei que não é isso.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

"...E tu,filha minha,vai com bênção paterna e queira o céu que ditosa sejas; nem por seres traquinas te estimo menos,e,como prova,vou,em despedida,dar-te um precioso conselho: recebe,filha,com gratidão,a crítica do homem instruído; não chores se com a unha marcarem o lugar em que tiveres mais notável senão,e quando te disserem que por este erro ou aquela falta não és boa menina,jamais te arrepies,antes agradece e anima-te sempre com as palavras do velho poeta: Deixa-te repreender de quem bem te ama, que, ou te aproveita ou quer aproveitar-te."

domingo, 5 de setembro de 2010

Existem coisas que parecem ser tudo, mas que quando a gente olha bem, vê que não são nada. E é aí que a gente vê o valor de cada coisa.